Bolsonaro "alegre" e "descontraído" no dia mais mortal da pandemia

Bolsonaro “alegre” e “descontraído” no dia mais mortal da pandemia
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Jair Bolsonaro, no dia em que o Brasil bateu o recorde de mortes por Covid-19, estava “alegre” e “descontraído” durante um banquete oferecido pelo deputado mineiro Fábio Ramalho, que preparou leitão com feijão tropeiro.

O próprio parlamentar, em conversa com a Folha de S. Paulo, descreveu o humor do presidente:

“Ele vai para Minas Gerais amanhã, se não me engano, e volta para lá no dia 26. Estava alegre, bem descontraído.”

Os hospitais em algumas regiões de Minas Gerais entraram em colapso na última semana.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO