Bolsonaro ameaça deixar PSL

Jair Bolsonaro confidenciou a assessores que pretende deixar o PSL até o fim do ano, por causa do desgaste com Luciano Bivar – que não quer abrir mão do comando da legenda.

Enquanto Bivar diz que abriu as portas do PSL para que Bolsonaro pudesse concorrer à Presidência, o presidente argumenta que sem ele o partido não teria a maior bancada da Câmara.

Ambos estão de olho nos recursos do Fundão Eleitoral e do Fundo Partidário – que podem somar até meio bilhão.

"O momento é crucial, e o resultado do jogo pode ser determinante para o futuro de investigações como a Lava Jato..." CONFIRA AGORA

Como noticiamos mais cedo, ao menos 18 dos 53 deputados do PSL estão na iminência de deixar a legenda.

A debandada do PSL

Comentários

  • Andressa -

    De olho no fundão? Como o fundão q Bolsonaro “usou” na última eleição? Ele nem tocou nesse dinheiro amaldiçoado. É p isso q ele é hj um presidente q tem sido efetivo p o Brasil! Imprensa p

  • Paulo -

    Se não existisse o fenômeno Bolsonaro o PSL seguiria pequeno e não pode se 'agigantar' nas costas de um mito. Tem que se adequar sim, caramba, o Presidente é a expressão maior do PSL. E ponto f

  • julio -

    Ruim para os 2. Bolsonaro sem o pessoal que ele ajudou a eleger não seria bom. Pra nenhum dos lados.

Ler 137 comentários