Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro assina nota com lema do integralismo

Em recuo humilhante, presidente da República tentou restringir seus ataques às instituições a meras divergências jurídicas com Alexandre de Moraes
Bolsonaro assina nota com lema do integralismo
Foto

Em vez do tradicional slogan de campanha “Brasil acima de tudo deus acima de todos“, repetido nas manifestações do dia 7 de setembro, Jair Bolsonaro assinou a nota oficial de recuo com o lema do integralismo: “Deus, pátria e família.” O mesmo que usou na tentativa de criação do partido Aliança pelo Brasil.

É o apito de cachorro para tentar manter acesa a chama da militância.

Como registramos há pouco, Bolsonaro foi aconselhado por Michel Temer a soltar um comunicado com o objetivo de distensionar a relação com o Supremo.

No texto, publicado após o encontro que teve com o ex-presidente Michel Temer, Bolsonaro disse que “as pessoas que exercem o poder não têm o direito de ‘esticar a corda’, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia”.

E que suas ameaças a Alexandre de Moraes “decorreram do calor do momento”, apesar das “naturais divergências” sobre decisões do ministro, indicado ao Supremo justamente por Temer. 

Mais notícias
TOPO