ACESSE

Bolsonaro: ataques de Olavo a militares 'não contribuem' com o governo

Telegram

Por meio de seu porta-voz, Otávio do Rêgo Barros, Jair Bolsonaro acaba de divulgar uma nota criticando Olavo de Carvalho por seus ataques a militares que integram seu governo e membros de seu partido, o PSL.

“Suas recentes declarações [de Olavo de Carvalho] contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento de objetivos propostos em nosso projeto de governo”, disse o presidente na nota.

Bolsonaro, porém, elogiou o “espírito patriótico” de Olavo, e Rêgo Barros ponderou que ele “teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda e que tanto mal fez ao país”.

Bolsonaro: "Não existe time de militares nem de Olavos. É um time só". LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 401 comentários