ACESSE

BOLSONARO CAIU NA REDE

Telegram

“Há nove meses, uma reportagem de capa de Crusoé expôs as entranhas de uma azeitada rede virtual composta por militantes de crachá cuja missão era disseminar fake news e moer reputações daqueles que ousassem se opor ao governo na internet ou fora dela.

A investigação puxava o fio de um novelo capaz de enredar o presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e parlamentares aliados nesse engenho de ódio, que começou a funcionar ainda na campanha eleitoral de 2018, mas continuou a operar depois da posse (…).

Ao revelar que um dos expoentes do ódio atua a poucos passos do gabinete presidencial, o Facebook colocou Bolsonaro mais próximo ainda do inquérito que corre no Supremo Tribunal Federal e apura as supostas ameaças a integrantes da corte. Ao mostrar que a engrenagem funciona desde a campanha, acabou por municiar as ações que tramitam no Tribunal Superior Eleitoral contra a chapa Bolsonaro-Hamilton Mourão. ”

Leia aqui a reportagem desta semana na Crusoé. E releia aqui aquela que foi publicada nove meses atrás, por Felipe Moura Brasil.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Arnaldo -

    Qualquer notícia ou publicação vindo de vcs , não tem nenhuma credibilidade. Nem para forrar fundo de lixeira serve, pois fede.

  • Sou -

    CrusoÉ uma bbosta da esquerda burra. Moura Brasil? Outro bostta. Não sabem fazer jornalismo sem colocar na conta para um Presidente que lhes deu 58 milhões de chutes no cuu.

  • ADONIS -

    O melhor que Bolsonaro pode fazer, se é que nutre um mínimo de amor à pátria, é cair fora e deixar Mourão colocar ordem no caos.

Ler 68 comentários