Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro cita cloroquina e diz que foi "único chefe de Estado" a procurar remédio contra Covid

Presidente volta a defender 'tratamento precoce' e 'esquece' que ignorou vacinas enquanto resto mundo buscava imunizantes
Bolsonaro cita cloroquina e diz que foi “único chefe de Estado” a procurar remédio contra Covid
Crédito: Reprodução/TV Brasil/YouTube

Jair Bolsonaro voltou a defender o uso de remédios sem comprovação científica contra a Covid. Hoje, durante a inauguração de um conjunto habitacional em São Mateus (ES), o presidente esqueceu que ignorou ofertas de vacina e disse que talvez tenha sido “o único chefe de estado que procurou remédio” para combater o coronavírus.

“Fui acometido do vírus e tomei a hidroxicloroquina. Talvez eu tenha sido o único chefe de Estado que procurou remédio [contra a Covid].”

Segundo Bolsonaro, as críticas da “oposição” ao medicamento são feitas apenas porque ele defendeu o remédio.

O capitão reformado afirmou não pensar “em reeleição”, apenas “em bem servir a população” ao defender os direitos de ir e vir, ao trabalho e de culto.

Ele voltou a dizer que nunca jogou fora das quatro linhas da Constituição e que “jamais decretaria toque de recolher”.

“Tenho as Forças Armadas ao meu lado […] Poderão ir um dia às ruas para garantir a sua liberdade e seu bem maior.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO