ACESSE

Bolsonaro confirma prorrogação da GLO no Ceará e pede excludente de ilicitude

Telegram

Jair Bolsonaro, em nota, confirmou que o decreto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Ceará será prorrogado por mais uma semana, com prazo até o dia 6 de março.

“O governo federal, por sua vez, autoriza a prorrogação e entende que, no prazo de até o dia 6 de março, a situação deva ser normalizada, prevalecendo o bom senso. O governo federal avalia que se trata de uma negociação do estado, entretanto, continua prestando seus esforços de ajuda à população.”

O presidente pediu, novamente, que o Congresso vote o projeto que trata sobre o excludente de ilicitude.

“Ressalta-se a importância de que o Congresso Nacional reconheça que, o emprego da GLO, dada a necessidade de segurança aos integrantes das forças, muitos deles jovens soldados com cerca de 20 anos de idade, discuta e vote o excludente de ilicitude.”

Leia também: Quem ganha com os arroubos de Bolsonaro?

Comentários

  • Teresa -

    Essa insistência tem método é espeto que governadores e o Congresso não caiam na armadilha. Ele deseja licença para matar que poderia ser usada contra manifestantes contrários ao seu governo.

  • Eduardo -

    Esse senhor quer mesmo facilitar a disseminação de milícias pelo país. Sem isso já temos milícias em todo lugar imagina podendo assassinar manifestantes "da esquerda". Qtas Marielles serão mortas?

  • Decio -

    Elesw nunca votarão esse excludente, pois vai atingi-los no âmago político e pessoal. Se aplicado, em 2 meses no máximo, vai acabar 60% da bandidagem e cai o número de mortes fora do confronto en

Ler 13 comentários