Bolsonaro corta publicidade em jornais, revistas, TVs e rádios

Jair Bolsonaro vai cortar os gastos publicitários do governo em jornais, revistas, TVs e rádios, diz O Globo.

“Serão mantidos os patamares atuais para sites, e será mantido ou ampliado o gasto com redes sociais”.

O Antagonista, que recusa propaganda estatal, aplaude a iniciativa e defende que o corte seja radical e generalizado, sem beneficiar a imprensa chapa branca.

Comentários

  • Sonia -

    Parabéns Antagonistas !

  • Ivan -

    Apoio total! Além dos cortes generalizados, proibição de Caixa Econômica, Petrobras, BNDES, etc. fazerem comerciais caríssimos na TV. Eles não sofrem concorrência, tem monopólio!

  • Euclydes -

    Outro gol. Já virou goleada

Ler 196 comentários