Bolsonaro dá ‘olé’ na imprensa

O TSE preparou um espaço para que Jair Bolsonaro falasse com os jornalistas após a cerimônia de diplomação.

O presidente eleito não apareceu.

A deputada do barulho quer ser a capitã de Bolsonaro. Leia AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 146 comentários
  1. Essa mídia pagando salários altíssimos para manipular a informação está com seus dias contados. Eram intermediários do poder. “Usina de Poder” nas palavras dos Marinhos. Acabou chantagistas!

  2. A petralhada midiática está em polvorosa. Não demora nada para eles praticarem um auto estupro coletivo; fazem qualquer coisa para estar em evidência, chamar a atenção já que a audiência está

  3. Isso mesmo Bolsonaro! Essa imprensa comprada não quer o melhor para o país e não quer te deixar governar. Eu investigaria as movimentações financeiras de todos os jornalistas que fazem tanto alar

  4. Que vão entrevistar o cotó na cadeia, ele gosta de falar. Quem muito fala, logo, muito mente. O Mito não tem que responder as tais perguntas idiotas e repetitivas. Boa “mi capitan” , dá um can

  5. Corretíssimo Bolsonaro. Deixe que a extrema imprensa morra de inanição e que tenha de inventar factoides diuturnamente para alimentar a petralhada e os imbecis que nela creem. Que se corroem.

    1. Uai, a internet é livre, entra quem quer… dar entrevista para que editem apostando em desacreditá-lo para beneficiar a velha política? Não!!! Ele está corretíssimo.

  6. Gostei, é por ai mesmo. Conceder entrevista após a diplomação por qual motivo mesmo? Pra essa imprensa suja (salvo pequenas exceções) e esquerdista vir com perguntas sem a menor relação com o

    1. Não é com a imprensa e sim com os brasileiros que querem ver o seu representante legal levando para eles seu espírito de líder.

  7. é lógico, cada vez que ele dá entrevista cai 1% de seu apoio. a meta pra 2022 será superar Temer como presidente mais rejeitado da historia mundial. vamos lá bozo, confio em vc! kkkkkkk

  8. Isso foi uma falta grave.Por q não ser educado, considerar não só a categoria,mas todo o povo brasileiro q poderia se informar por eles?Se for assim,vai ser difícil.Antipático e mal educado!

    1. Patti nem todos fazem uso das redes sociais. Vejo como um desrespeito aos brasileiros. Não será com esse posicionamento que fará um governo para todos. Só está dando armas para a mídia ter assun

    2. E a quantidade imensa de baboseiras que a imprensa falou sobre ele? Quando entrevistado faziam perguntas tolas e desconexas… Bem feito para os “guardiões da consciência”.

  9. Pergunta certa…como o sr se sente após esta diplomação? …pergunta que seria feita? e o motorista? …então, AU AU AU…”Não, não. Quero falar porra nenhuma, não”….kkkkkkkkk

  10. Fez certíssimo ! Não ia ser entrevista coletiva, ia ser ataques de extremistas de jornalismo militante de esquerda ! Aquelas mesmas pergutas “o senhor é homofóbico ?” ” Vai matar os gays ?”

  11. Besteira do Camarate na Globo: “A facada (do atentado do dia 6/9) tive um efeito benefico no Bolsonaro”. Gostaria de perguntar ao Camarote como uma facada mortal na barriga pode ter um efeito benefi