ACESSE

"Bolsonaro decidiu inviabilizar a presença de Moro no governo"

Telegram

“O abalo da relação entre Jair Bolsonaro e Sergio Moro começou a crescer há quase um quase um mês”, diz O Globo.

“Mais precisamente, na tarde de 28 de julho, quando Moro foi ao presidente do STF, Dias Toffoli, pedir que ele fizesse uma revisão da decisão em que restringiu o compartilhamento de relatórios do antigo Coaf.

Desde que soube do pedido de Moro a Toffoli, Bolsonaro decidiu inviabilizar a presença do ministro no governo”.

Para o presidente da República, o pacto com o STF – e a blindagem de seu filho – é muito mais importante do que a Lava Jato.

A Crusoé desta semana tem uma reportagem detalhada sobre o assunto (leia aqui).

"O momento é crucial, e o resultado do jogo pode ser determinante para o futuro de investigações como a Lava Jato..." CONFIRA AGORA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 470 comentários