Bolsonaro defende abertura de igrejas e sugere “pedido de vista” em ação no STF

Bolsonaro defende abertura de igrejas e sugere “pedido de vista” em ação no STF
Foto: Marcos Corrêa/PR

Durante visita à cidade de Chapecó (SC), Jair Bolsonaro defendeu a abertura de igrejas, mesmo em plena pandemia do novo coronavírus. Além disso, o presidente sugeriu um “pedido de vista” de um dos ministros, durante o julgamento sobre o caso no STF. A ação que discute a abertura ou não de igrejas será analisada hoje pelo plenário.

“Nós acreditamos no povo brasileiro. Creio que 90% da população, ou um pouco mais que isso, acredita em Deus. E, acreditando em Deus, espero que daqui a pouco ou que a liminar (do ministro Nunes Marques) seja mantida ou que alguém peça vista para que a gente possa discutir um pouco mais a abertura ou não de templos religiosos”, disse Bolsonaro.

Ele ainda complementou: “Qual é o último local que as pessoas procuram antes de cometer um suicídio? Que aumentou e muito no Brasil? São as igrejas. Quem não é cristão, que não vá! Mas não queira tirar o direito à liberdade de quem quer procurar um pastor ou um padre”, afirmou o presidente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO