ACESSE

Bolsonaro defende excludente de ilicitude para integrantes de GLO

Telegram

Em sua live de hoje, Jair Bolsonaro defendeu o projeto que concede o excludente de ilicitude para integrantes de operações de Garantia da Lei e da Ordem.

O presidente afirmou que, caso o projeto seja aprovado no Congresso, “quem estiver portando uma arma de forma ostensiva vai levar tiro”, sem que os integrantes da GLO precisem responder criminalmente.

Leia a reportagem da Crusoé:

‘Quem estiver portando arma de forma ostensiva vai levar tiro’

MISSÃO: BOLSONARO-2022. Leia aqui

Comentários

  • LIGIA -

    Do atual governo, só gosto do Guedes e do Moro (por causa do combate aos crimes de colarinho branco). Não sou fã do clã Bolsonaro belicoso.

  • Teresa -

    É PEGADINHA! JB está se precavendo as futuras manifestações contra o seu governo, com esse instrumento o Estado exterminar o cidadão que se manifestar. É o que o Chile vem fazendo cegando-nos manifest

  • EDUARDO -

    Para livrar potenciais milicianos que matam crianças como no caso ághata e invadem depois hospital para tomar a bala dos médicos. Centenas de maus policiais assassinos hoje milicianos retornarão.

Ler 55 comentários