ACESSE

Bolsonaro defende volta do futebol e diz que chance de jogador morrer é "infinitamente pequena"

Telegram

Jair Bolsonaro voltou a defender nesta quinta-feira o retorno do futebol brasileiro, mesmo em meio à pandemia da Covid-19 no país.

Ele disse que o Ministério da Saúde e a Anvisa devem publicar recomendações para que os jogos voltem a ser disputados.

“Não sou eu que vou abrir ou não o futebol. No momento, existe muita gente do meio futebolístico que é favorável à volta. Porque o desemprego está batendo à porta dos clubes também”, afirmou Bolsonaro em entrevista à Rádio Guaíba.

“Com a idade jovem do jogador, caso seja acometido pelo vírus, a chance de ele partir para a letalidade é infinitamente pequena. Até pelo estado físico, pela rigidez do atleta.”

Leia também: Crusoé e O Antagonista+: 3 meses por R$ 1,90/mês. Comece agora

Comentários

  • Maria -

    E o público, seu Anta. Vai incendiar o Brasil, mais que o MST, quem diria...É um delinquente irresponsável. Vai pagar a conta SIM!!!

  • Márcia -

    Falou o especialista

  • Orlando -

    Mas se um famoso se infectar e morrer ele já tem na ponta da língua a resposta: E DAÍ?

Ler 71 comentários