ACESSE

Bolsonaro: "Deixem nosso governo em paz"

Telegram

Em discurso no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro pediu para a imprensa “tomar vergonha na cara”.

“Essa imprensa que está me olhando, não tomarei nenhum medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara. Deixem nosso governo em paz, para levar harmonia ao nosso povo.”

Bolsonaro também criticou o livro de Thaís Oyama, “Tormenta — o governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, que conta bastidores do primeiro ano de gestão do presidente.

“A nossa imprensa tem medo da verdade. Deturpam o tempo todo. Mentem descaradamente. Trabalham contra a democracia, como o livro dessa japonesa, que eu não sei o que faz no Brasil.”

Bolsonaro não é descendente de imigrantes italianos, pelo visto. Deve ser de um ramo tupi-guarani.

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 199 comentários