Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz não se intimidar com investigação do STF e chama Moraes de 'querido'

Em entrevista à Jovem Pan, presidente ironizou ministro que o incluiu no inquérito das fake news; também voltou a alegar fraudes eleitorais, sem provas
Bolsonaro diz não se intimidar com investigação do STF e chama Moraes de querido
Reprodução/TV BrasilGov/YouTube

Em entrevista à Jovem Pan na noite desta quarta-feira (4), Jair Bolsonaro disse hoje que não vai ser “intimidado” pela decisão de Alexandre de Moraes de incluí-lo no chamado inquérito das fake news no STF.

O presidente também voltou a alegar fraudes no sistema de urnas eletrônicas —e, novamente, não apresentou nenhuma prova das suas alegações.

“Não vai ser o inquérito, agora na mão do senhor querido Alexandre de Moraes, para tentar [me] intimidar. Ou o próprio, lamento, o TSE tomar certas medidas para investigar, me acusar de atos antidemocráticos. Eu posso errar, tenho direito a criticar, mas não estamos errados”, disse Bolsonaro.

Mesmo tendo sido eleito sucessivas vezes com as urnas eletrônicas e sem comprovar fraudes, o presidente insistiu no discurso de que quer apenas “eleições limpas”.

“Pelo que nós brigamos pelo lado de cá, e grande parte da população? Queremos eleições limpas. (…) O que me surpreende… não me surpreende muito, não. É que o TSE deveria ser o primeiro interessado em buscar solução para isso. Chegar ao ponto final e admitir o possível erro.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO