ACESSE

Bolsonaro diz que caixa-preta do BNDES 'já foi aberta' e não comenta auditoria

Telegram

Jair Bolsonaro não quis comentar a auditoria interna do BNDES que prometia abrir a “caixa-preta” da instituição, mas não apontou irregularidades, relata o Estadão.

Reportagem do jornal paulistano mostrou que a auditoria custou R$ 48 milhões e não apontou nenhuma evidência direta de corrupção em oito operações do banco estatal com a JBS, o grupo Bertin e a Eldorado Brasil entre 2005 e 2018.

“A caixa-preta já foi aberta, bilhões gastos em outros países”, alegou o presidente em entrevista coletiva hoje. Em seguida, Bolsonaro encerrou a entrevista sem responder a outras perguntas.

 

Carluxo vai levar? Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários