ACESSE

Bolsonaro diz que conheceu Ramagem após eleição: "Ele ficou novembro e dezembro praticamente na minha casa"

Telegram

Na entrada do Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro afirmou hoje que a eventual nomeação de Alexandre Ramagem para comandar a Polícia Federal não será influenciada pela relação de seus filhos com o policial.

Bolsonaro disse que conheceu Ramagem “no primeiro dia depois de ser eleito presidente”, quando houve reforço em sua segurança.

“Todos os candidatos têm direito a uma segurança da PF durante a campanha. De acordo com o risco que cada um corre, é o número de policiais. Eu corri o maior risco, tanto é que levei a facada. Eu tinha um efetivo grande da Polícia Federal comigo, uns 40, 50 por dia. Quando eu fui eleito, obviamente, houve uma maior preocupação em resguardar a minha vida. E, então, foram trocados alguns homens da PF. Um que chegou lá, de extrema confiança da Polícia Federal, foi o Ramagem.”

O presidente disse que se aproximou de Ramagem nesta época, porque o policial passava a maior parte do tempo em sua casa.

“Então foi outubro ainda, dia 30, eu acho, que eu conheci o Ramagem. Ele ficou novembro e dezembro praticamente na minha casa. Dormia em casa, tomava café comigo e tirou fotografia com todo mundo. Foi no casamento de um filho meu. Tem nada a ver a amizade dele com o meu filho. Eu passei a acreditar no Ramagem, conversava muito com ele. Trocava informações. É uma pessoa inteligente, bem informada.”

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FOFOCA; É JORNALISMO

Comentários

  • Rafael -

    Muuuuuuuuuuuu

  • Maria -

    O Queiroz 30 anos, o Adriano muitos anos, o Assassino da Marielae há alguns metros e o impeachment tá chegando.

  • Mauricio -

    Nanda ver presidente. Bolsonaro 38

Ler 42 comentários