"Não estou fazendo campanha para 2022, está certo?"

“Não estou fazendo campanha para 2022, está certo?”
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro, a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, voltou a dizer que até março decidirá sobre sua vida partidária.

O presidente está sem partido desde que deixou o PSL, pelo qual foi eleito em 2018.

“Em março eu decido: ou decola o partido ou tenho que arranjar outro”, disse, referindo-se ao Aliança pelo Brasil.

“Em março vamos reestudar se o partido decola ou não. Se não decolar, a gente vai ter que ter outro partido. Senão não temos como nos preparar para as eleições de 2022.”

Bolsonaro tentou ajustar a narrativa para esconder o fracasso da tentativa de criação do Aliança.

“É muita burocracia, muito trabalho, certificação de fichas, depois passa pelo TSE também. Então, o tempo está meio exíguo para gente aí, não vai deixar de continuar trabalhando, mas vou ter que decidir.”

Ele acrescentou:

“Porque não é por mim, não estou fazendo campanha para 2022, está certo? Mas o pessoal quer disputar e queria estar num partido onde tivesse simpatia minha. Então essa que é a intenção de a gente fazer isso.”

Partidos do Centrão como Progressistas, de Ciro Nogueira, e PL, de Valdemar Costa Neto, têm cortejado Bolsonaro.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO