ACESSE

Bolsonaro diz que indicaria cloroquina até para a mãe

Telegram

Jair Bolsonaro voltou a defender, na conversa desta quarta (8) com José Luiz Datena, o uso da cloroquina para tratar a Covid-19 e disse que indicaria o medicamento até para sua mãe, hoje com 93 anos.

“Se um irmão meu ligar, imediatamente, vai levar no médico e começar o tratamento [com cloroquina]. Ela não pode esperar um dia a mais, caso contrário vem a óbito”, afirmou o presidente.

Bolsonaro também parabenizou Luiz Henrique Mandetta por, segundo ele, ter se convencido do uso da cloroquina e afirmou que “foi tudo acertado” entre os dois.

O presidente afirmou ainda ter ligado para o premiê da Índia, Narendra Modi, e disse esperar a chegada de meia tonelada de insumo de cloroquina do país asiático até este sábado, 11.

Leia também: Mandetta vence uma batalha. Vencerá a guerra?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 59 comentários