Bolsonaro diz que não precisará fazer “negociações partidárias”

Na Escola Municipal Rosa da Fonseca, onde votou, Jair Bolsonaro afirmou que, se eleito, governará com “cerca de 350 deputados”, registra o BuzzFeed News.

O candidato do PSL disse também que parte desses parlamentares são “honestos” e que por isso não precisará fazer “negociações partidárias”.

Capitão x Fernandinho: o antipetismo vai se expressar nas urnas. Leia mais AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. E é só por isso que a população em massa vota na Chapa Puro Sangue FFAA. Isolar e colocar no seu devido lugar (cadeia principalmente) essas oligarquias do NO e NE é ponto inegociável.

Ler mais 31 comentários
  1. E é só por isso que a população em massa vota na Chapa Puro Sangue FFAA. Isolar e colocar no seu devido lugar (cadeia principalmente) essas oligarquias do NO e NE é ponto inegociável.

  2. Temer é Haddad e Haddad é Temer. Em 2016, Temer rompeu com Dilma, mas não rompeu com Haddad. Haddad manteve filha de Temer na prefeitura de SP e se escondeu durante o impeachment de Dilma

  3. Ao contrário de Temer, seus Ministros serão NOTÁVEIS por competência, honestidade, empenho, determinação, coerência, EQUILÍBRIO… Moro próximo a um Local de Votação. As cores verdes e amar

  4. UMA PARTE DE HONESTOS já é um bom começo. Não vender cargos é ótimo. Mourão deve ocupar um cargo de importância para dar segurança ao governo, pois militar impõe respeito e é patriota.

    1. Esse é mais um MAV. Deve ser o Lucas Silva, o Ronaldo45, a Fátima, o Cidadão, O Martelo Cirista. Tudo a mesma porcaria.

    1. QUEM CONFIA NO TSE? A fraude não é só nas urnas, mas no sistema que é corrupto e permite que ignorantes votem (voto obrigatório). Só deveria votar quem tem escolaridade mínima.

    1. Com certeza, e ideologicamente, o cara está uma máquina. Para questões politicas e culturais deve ouvir assessores civis e para assuntos práticos e de infraestrutura deve ouvir os militares.