Bolsonaro diz que não vai 'entrar no mérito' da prisão de Crivella

Bolsonaro diz que não vai entrar no mérito da prisão de Crivella
Foto: Reprodução, YouTube

Em seu último dia de folga no litoral catarinense, Jair Bolsonaro voltou a provocar aglomeração e disse a apoiadores que não vai “entrar no mérito” da prisão do aliado Marcelo Crivella, registra o Estadão.

Preso ontem, Crivella foi autorizado pelo presidente do STJ, Humberto Martins, a cumprir prisão domiciliar, mas continuará afastado da prefeitura do Rio de Janeiro.

“Prenderam o Crivella no Rio, não vou entrar no mérito, já vincularam a mim porque eu apoiei o Crivella. Sim, apoiei”, afirmou o presidente.

Na sequência, Bolsonaro comentou que o prefeito acabou com a exclusividade da transmissão televisiva do carnaval do Rio e disse que isso não seria publicado pela imprensa —mentira, como este post comprova.

O presidente lembrou também ter apoiado Celso Russomanno, derrotado em São Paulo, e insistiu no voto impresso nas próximas eleições: “Não queremos perder em 22 sem o voto impresso”.

Leia mais: Crusoé mostra a unificação das moedas cubanas e como a medida adotada após 26 anos coloca o Partido Comunista frente a alguns dilemas ideológicos.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO