Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que uso obrigatório de máscara "está servindo para multar"

Presidente afirmou que obrigatoriedade por conta da pandemia de Covid deixa a população "refém"
Bolsonaro diz que uso obrigatório de máscara “está servindo para multar”
Crédito: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

Bolsonaro tenta transformar o uso obrigatório de máscaras na versão 2.0 dos radares móveis usados para coibir infrações de trânsito. O presidente disse hoje, durante sua live semanal no Facebook, que o uso da proteção contra a Covid torna a população “refém”, porque “está servindo para multar“.

Bolsonaro afirmou que pediu ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, “um estudo para desobrigar o uso de máscara por quem já foi vacinado”.

“Vamos ficar refém de máscara até quando?”

O presidente, que vai a um evento de motociclistas em São Paulo no sábado (12), disse estar “sendo ameaçado de ser multado” no estado caso não use máscara. E criticou o governador João Doria (PSDB).

“Ô hipócrita. Você não respeita seu povo, não respeita ninguém. Vai ameaçar presidente da República? Você não tem moral para mais nada. Completamente descredibilizado (SIC) no seu estado. Tomou medidas ditatoriais.”

Bolsonaro também chamou Doria de “sunguinha apertadinha” ao criticar a atitude do governador de ter frequentado a piscina de um hotel no Rio de Janeiro sem máscara e cercado por várias pessoas sem o devido distanciamento.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO