Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que vetará parte do fundão que exceder reajuste pela inflação

De acordo com a fala do presidente, ele deveria sancionar um fundo eleitoral de apenas R$ 1,9 bilhão, ao contrário dos R$ 4 bilhões que prometeu
Bolsonaro diz que vetará parte do fundão que exceder reajuste pela inflação
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (30) que vai vetar a parcela do aumento no fundo eleitoral que exceder o reajuste calculado a partir da inflação. O Congresso aprovou, com apoio de bolsonaristas, uma elevação no fundão de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Bolsonaro vinha dizendo que deveria sancionar a Lei de Diretrizes Orçamentárias com a garantia de R$ 4 bilhões para as campanhas eleitorais.

Em entrevista à rádio 89 FM, de São Paulo, o presidente afirmou, sem dar detalhes, que vai vetar o excedente.

“Vou vetar tudo que exceder…Você leva em conta o que foi usado na campanha de 2018. Isso é lei. Sou obrigado a cumprir a lei. Valor “x”. Aplica a inflação de lá para cá. Será “x” mais “y”. O que exceder, eu vou vetar.”

O fundo eleitoral, em 2018, foi de R$ 1,7 bilhão. Se aplicado um reajuste de acordo com o INPC, de 14%, o valor subiria para R$ 1,9 bilhão, muito distante dos R$ 4 bilhões prometidos por Bolsonaro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO