Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro e a ‘despetização’ dos livros didáticos

De acordo com o governo, 2022 será o primeiro ano em que os livros didáticos chegarão aos colégios “livres da ideologia de gênero”
Bolsonaro e a ‘despetização’ dos livros didáticos
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Para atender a base ideológica, o governo Jair Bolsonaro vai tentar capitalizar eleitoralmente a ‘despetização’ dos livros didáticos, diz a Crusoé.

De acordo com o governo, 2022 será o primeiro ano em que os livros didáticos chegarão aos colégios totalmente “livres da ideologia de gênero” e da “influência da esquerda”.

Como muitos livros já estavam encomendados, o conteúdo do material disponibilizado pelo Ministério da Educação nos últimos dois anos ainda não passava totalmente pelo crivo do governo atual.

Leia aqui a íntegra. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO