Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro é aconselhado a trocar obra por bolsa

"O que ganha eleição é transferência de renda e as eleições do Lula mostram isso", dizem ministros
Bolsonaro é aconselhado a trocar obra por bolsa
Foto: Marcos Corrêa/PR

Jair Bolsonaro tem sido aconselhado por ministros, como Paulo Guedes, Fábio Faria e Onyx Lorenzoni, a investir menos em obras e priorizar programas de transferência de renda, como o auxílio emergencial e o bolsa família.

“O que ganha eleição é transferência de renda e as eleições do Lula mostram isso”, dizem.

Na polêmica envolvendo as emendas extras, interlocutores afirmam que o presidente da República está tranquilo, pois a lógica que guiou o orçamento de 2020 perdeu força em 2021 e que os cortes mostram isso.

Como O Antagonista registrou, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) foi o que mais sofreu. Do corte de R$ 20 bilhões, Rogério Marinho perdeu R$ 9,4 bilhões.

Bolsonaro também vetou R$ 10,5 bilhões de emendas do relator, Marcio Bittar (MDB-AC).

Já o orçamento do Ministério da Cidadania, de João Roma, perdeu apenas R$ 772 milhões. Recentemente, Guedes anunciou que será criado um novo programa de auxílio a trabalhadores informais.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO