ACESSE

Bolsonaro é denunciado na ONU por exonerar responsáveis pelo combate à tortura

Telegram

Jair Bolsonaro foi denunciado à ONU por ativistas brasileiros ligados à entidade Justiça Global, informa O Globo.

O motivo foi o decreto presidencial publicado ontem, que exonera todos os peritos do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura.

O órgão, ligado ao Ministério Público e ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, tinha a função de promover fiscalizações e produzir relatórios sobre violações de direitos humanos e casos de tortura.

"Nem oito, nem oitenta": leia artigo de Ana Paula Henkel sobre o embate entre Bolsonaro e a oposição. Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 80 comentários