Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro e o 'genocídio de robôs' no Twitter

Presidente perde mais de 13,5 mil seguidores, e outros bolsonaristas se queixam; segundo a rede social, trata-se de 'limpeza' global de contas com comportamentos suspeitos
Bolsonaro e o genocídio de robôs no Twitter
Foto: Reprodução, Facebook

Jair Bolsonaro perdeu nesta segunda-feira (14), até o final da tarde, mais de 13,5 mil seguidores no Twitter, de acordo com levantamento do site Social Blade divulgado pela coluna de Ancelmo Gois.

Outros bolsonaristas, como Abraham Weintraub, também detectaram queda no seu número de seguidores na rede social —o ex-ministro da Educação informou ter perdido mais de 10 mil. Seu irmão, Arthur, acusou o Twitter de ser uma “plataforma bolivariana”; outros perfis alinhados ao governo reclamaram.

Em nota, a rede social afirmou que, “com o objetivo de proteger a integridade e a legitimidade de conversas em seu serviço”, costuma fazer uma espécie de “limpeza” global de contas com comportamentos suspeitos. Nesses casos, é comum que contas comandadas por robôs sejam suspensas.

Como já disseram no próprio Twitter, aparentemente, os bolsonaristas só se preocupam com o “genocídio” dos próprios robôs.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO