Bolsonaro 'é o oposto' de Alckmin

Eliane Cantanhêde, no Estadão, ao analisar os dados das pesquisas divulgadas nesta semana, diz que a situação de Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin são opostas.

“Geraldo Alckmin patina no primeiro turno, mas bate todos os adversários no segundo, exceto Marina Silva. Jair Bolsonaro é o oposto: campeão no primeiro turno sem Lula, perde de todos os outros no segundo, exceto Fernando Haddad, que nem candidato é. Isso atinge a percepção de que Alckmin é fraco e Bolsonaro é forte, o único ‘anti-PT’.”

A colunista continua:

“Nada tem sido tão deletério para a campanha do tucano quanto a massificação de que ‘Alckmin não tem chance’, ‘Alckmin não cresce’, ‘Alckmin não ganha do PT’. Há mais de um ano ele sofre a pressão desgastante de crescer e demonstrar força, e a frustração de expectativas se retroalimenta. O resultado do segundo turno no Datafolha ajuda a quebrar esse círculo vicioso da candidatura?”

Comentários

  • Giovanni -

    Essa mulher é casada com um publicitário que faz campanha para o PSDB, Gilnei Gravazzo, fundador da GW Comunicação; uma promiscuidade.

  • Pedro -

    Voto sem medo no Geraldo! Tenho certeza que ele tem a melhor equipe economica, e vai fazer o brasil voltar a crescer! O bolso do brasileiro não aguenta mais, não podemos arriscar! #GeraldoPresidente

  • Francisco -

    Apesar de futurologia política no Brasil, com base nas "pesquisas de intenção de voto" encomendadas por setores partidários, ser algo não confiável, tenho esperança que Jair vença no 1o. turno.

Ler 121 comentários