ACESSE

Bolsonaro e o risco TSE

Telegram

“A chapa de Jair Bolsonaro e do vice Hamilton Mourão é alvo de oito pedidos de cassação no Tribunal Superior Eleitoral, mas apenas quatro, de fato, ameaçam o presidente”, diz a Crusoé.

“Na avaliação de aliados de Bolsonaro, uma cassação via impeachment seria hoje mais difícil porque o Centrão, grupo dominante no Congresso, está ‘neutralizado’ com a distribuição de cargos no segundo e terceiro escalões do governo.

A ‘jogada’, segundo eles, só eventualmente será concretizada em 2021, a partir de quando uma eventual cassação da chapa presidencial resultaria em eleições indiretas – nesse caso, o substituto do presidente seria escolhido pelos deputados federais e senadores.”

Leia também: O temor da cassação no Planalto

Comentários

  • Paulo -

    TIRA LOGO, A CADA DIA MAIS MORTOS, O SADICO, QUER SER CAMPEAO MUNDIAL DA PESTE, SEGUNDA ONDA, DA PANDEMIA PARA O MUNDO.

  • Orlando -

    Quanto mais tempo JB permanecer no poder, pior ficará a situação do Brasil. Daí ser necessário sacá-lo logo da presidência.

  • Marcos -

    É sempre uma agenda DELE. "Segurança" DELE, contra STF por investigar blogueiros DELE, agora TSE por analisar campanha DELE. As prioridades da maioria não são prioridades DELE.

Ler 66 comentários