ACESSE

Bolsonaro e a “onda antissistema”

Telegram

O cientista político Ian Bremmer, presidente da Eurasia, avaliou que a eleição de Jair Bolsonaro faz parte de uma onda antissistema, um movimento global que atinge também os países emergentes.

“Há um grande descontentamento com corrupção, serviços públicos e de infraestrutura precários e o establishment, em termos de governos, Congresso e presidente”, disse Bremmer ao Estadão.

“É muito semelhante com o que vimos com o Brexit, Trump e eleições italianas (…).

Não vejo apenas como um movimento conservador. Se você olhar ao redor do mundo é mais um movimento anti-establishment. Não como uma questão de direita versus esquerda”.

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 117 comentários