Bolsonaro e a produção sustentável

O agronegócio sinaliza que a ideia de fundir o ministério da Agricultura ao do Meio Ambiente não deve ser abandonada por Jair Bolsonaro, relata a Folha.

Gustavo Junqueira, da Sociedade Rural Brasileira, acredita que o ministro da nova pasta poderia “orientar política de integração de produção e preservação”, de modo a tornar o país referência de produção sustentável.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 45 comentários
  1. Seu argumento é o mesmo dos nossos concorrentes internacionais. Desenvolvimento só vale para eles, nós devemos nos contentar com a agricultura de subsistência. Temos tecnologia para fazer as 2 coi

  2. é até agora pelo menos, o único senão de seu programa de governo. MEIO AMBIENTE E A AMAZÔNIA, são nosso maior patrimônio e deve ser guardado como um tesouro para as futuras gerações.

  3. a preservação da AMAZÔNIA q é nosso maior patrimônio deve ser prioridade e levada a sério. Sustentabilidade e fiscalização e não pode ser gerida por agricultores interessados no desmatamento.

    1. O Brasil tem o código florestal mais severo do mundo, 60% do território coberto por florestas e apenas 8% é dedicado à agricultura e as lavouras crescerão sobre as pastagens (20%). O resto é bob

  4. Nao vejo nenhum problema de fundir as duas pastas . Ja existem leis ambientais , ha muita retorica da esquerda , mas unir as duas pastas com gestão responsável , não vejo nada demais.

  5. Votei em Bolsonaro, mas das idéias dele, a de fundir Meio Ambiente com Agricultura é a mais catastrófica. O agronegócio quer apenas derrubar florestas e liberar agrotóxicos cada vez mais mortais.

    1. Prezado Rogério, seu comentário reflete o desconhecimento que a sociedade urbana tem sobre agricultura e produção sustentável de alimentos. A ideia é uma quebra de paradigmas mas pode funcionar.

  6. O risco é a direita replicar a esquerda, rotular e não pensar: meio ambiente interessa a todos, precisa fica separado para dar credibilidade para compradores de produtos brasileiros e evitar excesso

  7. O meio ambiente não se restive unicamente ao agronegócio. Não é bom os dois ministérios serem fundidos pois a área de atuação do meio ambiente é muito ampla como indústrias, preservação ma

  8. Só é bom para o Brasil o que os compradores querem, se eles querem equilíbrio entre meio ambiente e agronegócio, é assim que será…o que adianta juntar pastas e os compradores boicotarem…

    1. Irão boicotar somente por interesses comerciais. Para os agricultores do hemisfério norte não interessa o aumento da produção agrícola no Brasil. Sabe qual o lema deles ? “Farms here, forests

  9. Excelente ideia. Agora, vai ser necessário arranjar um depósito para jogar lá a comunistada que infesta estes ambientes. São inúteis, mas não podem ser mandados embora! Lei ruim!

  10. Concordo plenamente. Hoje já existe uma ala do agronegócios que trabalha de forma sustentável. O Cooperativismo. Leiam o artigo do José L. Tejo: Quem será o melhor ministro do agro brasileiro?

  11. Sistema de Produção que LUCRAM, com o “lixo” (esgoto, chorume, por exemplo), é realidade no Agronegócio. Só precisa ser exigido pelo futuro Governo. Se perde MUITO dinheiro com “lixo”, q NÃO

  12. Pé no chão, chega de ideologia idiota-útil! TODA agricultura impacta o meio ambiente, retira a vegetação original. Usa química(riscos) para ter produtividade. Tem que estudar, evoluir, melhorar.

    1. toda a agricultura impacta o meio ambiente ? é melhor morrer de fome ? todo o dia é preciso dar pelo menos duas refeições a 7 bilhões de almas ..

    2. Respeitando mais os produtores, terão mais condições de cuidar se sua terra (quem não quer?). Quanto aos agrotóxicos, tem que controlar resíduos e responsabilizar o mau uso, não proibir.

  13. É o mais correto. O Ministério do Meio Ambiente é um feudo da Marina Melancia, petralhas e esquerdopatas que utilizam o IBAMA para infernizar a vida do produtor rural. Bola dentro.

    1. O MMA virou fonte de arrecadação pública através de taxas e multas. O mesmo ocorreu com a implantação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

  14. Existem projetos agropecuários em Mato Grosso de excelência em agricultura sustentável. O novo Ministério integrador teria objetivo de articular a agricultura à política ambiental sustentável.

  15. Louvável a produção sustentável, mas precisam respeitar todos os animais. Incentivar estudos para evitar procriação desenfreada dos animais nativos ou exóticos. Sem caça sangrenta e cruel, p

    1. …por favor. Vamos nos tornar um pouco civilizado e que respeite a vida e controle espécies indesejadas., sm dizimá -las. Sejamos um exemplo ao mundo.

  16. O Brasil deve estar sempre em busca de tecnologias de ponta, mas o caminho para custear isso está no seu precioso solo com com a agricultura e agropecuária. Somos de vocação agrícola