"Bolsonaro é uma ameaça à saúde pública"

O Estadão, em editorial, diz que Jair Bolsonaro é “uma ameaça à saúde pública”.

Leia aqui:

“Bolsonaro, sob o argumento de que é preciso reativar a economia, incitou os cidadãos a romper a quarentena e voltar à ‘normalidade’ – contrariando as recomendações de especialistas de todo o mundo e do próprio Ministério da Saúde. Ao fazê-lo, o presidente passou a ser, ele mesmo, uma ameaça à saúde pública. Por incrível que pareça, os brasileiros, para o bem do País, devem desconsiderar totalmente o que disse o chefe de Estado. A que ponto chegamos.

Leia também: Leandro Narloch: 'Eduardo Bolsonaro está certo.'

Mas a ameaça representada pelos arroubos de Bolsonaro vai muito além da questão da saúde pública. O presidente parece desejar ardentemente o confronto – com governadores de Estado, com o Congresso, com a imprensa e até com integrantes de seu próprio governo –, de modo a criar um clima favorável a soluções autoritárias.”

Comentários

  • Mariangela -

    #Bolsonarotemrazão #OBrasilnãopodequebrar O povo entende muito bem a posição do Presidente q propoe proteger grupos de risco e que a economia continuar caminhando para o Brasil não quebrar.

  • Elisabete -

    Bolsonaro,preocupado com a reeleição, tenta descolar dele, a responsabilidade pelo desastre que esse vírus causará na economia. Está jogando suas últimas fichas.

  • Antonio -

    Só falta o Estadão reconhecer que o povo quer voltar à realidade não porque o Bolsonaro falou, mas sim porque ele não quer passar fome; quem vê os seus filhos em penúria alimentar faz qualquer

Ler 250 comentários