Bolsonaro em busca do apoio de empresários

Jair Bolsonaro reuniu-se, na última sexta-feira, com empresários paulistas em busca de apoio, publica a Folha.

No evento, cogitou nomear Flávio Rocha, dono da Riachuelo, para ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

“Por que não?”

Entre os empresários presentes também estava Sebastião Bomfim, da lojas Centauro.

“Eu estava em dúvida entre Alvaro Dias e o Bolsonaro. Agora tenho certeza que sou Bolsonaro”, disse Bomfim.

A maioria dos empresários presentes não permitiu que seu nome fosse divulgado. Segundo o jornal, no encontro havia presidente de empresa aérea, dono de uma das maiores tecelagens do país, controlador de rede de serviços estéticos, atacadistas, varejistas.

“O que mais impressionou foi quando perguntamos como poderíamos ajudar com a campanha”, relatou Bomfim. “Ele [Bolsonaro] disse: Não quero doação, se vocês puderem gastar sola de sapato para divulgar meu nome, ótimo. Eu nunca vi isso candidato não pedir dinheiro.”

Veja o que publicamos na sexta-feira:

Flávio Rocha se aproxima de Jair Bolsonaro

Comentários

  • Bolsonaro -

    … apoio popular, dos empresários, das bancadas ruralista, evangélica, da bala. Um monte de políticos vão debandar p/ seu lado depois que ele ganhar. Não será problema governar.

  • Bolsonaro -

    Os MAV's pagos mostram o nível baixo de sua atividade e dos candidatos bandidos que representam. Só ajudam Bolsonaro, que disparou graças à bandalheira veem a esquerda e o STF fazendo todo dia.

  • LAMPIÃO -

    Bolsonaro, o Tiririca de Coturno já avisou: Se for eleito, vai esterilizar pobre e mulher tem de ganhar menos… CUIDADO, BOLSONARO É UM NAZISTA!!!

Ler 496 comentários