ACESSE

Bolsonaro encerra entrevista ao ser questionado sobre chefe da Secom

Telegram

Jair Bolsonaro encerrou uma entrevista na porta do Ministério de Minas e Energia após ser questionado sobre o caso envolvendo o chefe da Secretaria de Comunicação, Fabio Wajngarten.

Segundo reportagem da Folha, Wajngarten recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras contratadas pelo governo.

A FW Comunicação e Marketing tem contratos com ao menos cinco empresas que recebem do governo, entre elas a Band e a Record, cujas participações na verba publicitária da Secom vêm crescendo.

“Está encerrada essa coletiva”, disse Bolsonaro ao ser questionado.

AS NOVAS SUSPEITAS CONTRA RENAN. Leia aqui

Comentários

  • Paulo -

    TRAIDOR CORRUPTO, TINHA DITO QUE QUEM TIVESSE PROBLEMA COM CORRUPÇAO SERIA, AFASTADO, TRAIDOR, FERNADO BEZERRA, ESSE OUTRO DA COMUNICÇAO ENTRE OUTROS, MILICIANO TRAIDOR, VOTO NUNCA MAIS, TRAIU.

  • MIRIAM -

    O presidente não gosta de perguntas com temas espinhosos... Ainda não descobriu que é empregado da população e que temos o direito de cobrar explicações? Vai mal este senhor...

  • PAULO -

    Medo! Muito medo desse cara despreparado para a função de tamanha relevância. Pobre Brasil! Sai os assaltantes do PT e a conversa mole e dissimulada continua a mesma: não sei, não vi, não é! Vixe!

Ler 117 comentários