Bolsonaro espionou Mandetta?

Bolsonaro espionou Mandetta?
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante a coletiva de imprensa sobre à infecção pelo novo coronavírus

Jair Bolsonaro usou seus arapongas para monitorar – e constranger – Luiz Henrique Mandetta?

É o que o ex-ministro da Saúde sugere no livro que está lançando.

Ele relatou o episódio em O Globo:

“Eu estava com minha esposa no apartamento domingo e tinha saído para uma caminhada ali do lado, comprar chá e pão doce na padaria, a duas quadras de onde eu morava. Depois, na quinta-feira, achei estranho quando o presidente veio me dizer ‘hoje eu vou comer sonho na padaria’. E ele foi lá naquela padaria, que é diametralmente longe do Palácio do Planalto, comeu no balcão, criou aglomeração.

Eu pensei, será que que ele veio até aqui para depois eu reclamar em público que ele aglomerou gente mais uma vez? Aí ele poderia dizer ‘mas você também veio aqui, conforme esta foto’.

Eu me questionei: será que eles estão me monitorando, sabendo onde vou, onde deixo de ir?”.

Em abril, O Antagonista alertou para o fato.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 45 comentários
TOPO