ACESSE

Bolsonaro fala em abrir “caixa-preta” do PSL

Telegram

Em meio à crise com Luciano Bivar, Jair Bolsonaro voltou a defender que seja aberta a “caixa-preta” do PSL.

“Não estou atrás de fundo partidário. Fiz minha campanha com R$ 2 milhões da vaquinha virtual. O partido ganha R$ 8 milhões por mês. É dinheiro público, e todo mundo tem que saber o que é feito com esse dinheiro. É uma caixa-preta que tem que ser aberta pelo PSL”, afirmou ontem à noite.

“Nós queremos é transparência. Não quero que apareçam problemas no partido e que, apesar de não fazer parte da executiva, eu venha a ser responsabilizado, como maldosamente têm me responsabilizado pelo que acontece ou aconteceu em qualquer parte do Brasil envolvendo o PSL.”

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS

Comentários

  • Maria -

    pedido de efeito...os filhotes federais se aproveitam e muito do fundo partidário. Mas é uma boa ideia para ele mesmo: abrir as mazelas da família com investigações de rachadinhas e milícias;

  • Edelson -

    A FAXINA TEM QUE SER GERAL, INCLUSIVE NAS CONTAS DA CAMPANHA DE BOLSONARO. TEM MUITA TRETA A SER EXPLICADA.

  • Jonatas -

    Do nepotismo? Do depósito na conta da Michele? Dos miseráveis desempregados? Etc. Etc .. O senhor vai abrir também? Mais cedo ou mais tarde terá o destino do 9 dedos...

Ler 34 comentários