Bolsonaro fala em abrir “caixa-preta” do PSL

Em meio à crise com Luciano Bivar, Jair Bolsonaro voltou a defender que seja aberta a “caixa-preta” do PSL.

“Não estou atrás de fundo partidário. Fiz minha campanha com R$ 2 milhões da vaquinha virtual. O partido ganha R$ 8 milhões por mês. É dinheiro público, e todo mundo tem que saber o que é feito com esse dinheiro. É uma caixa-preta que tem que ser aberta pelo PSL”, afirmou ontem à noite.

“Nós queremos é transparência. Não quero que apareçam problemas no partido e que, apesar de não fazer parte da executiva, eu venha a ser responsabilizado, como maldosamente têm me responsabilizado pelo que acontece ou aconteceu em qualquer parte do Brasil envolvendo o PSL.”

Comentários

  • Insensível -

    Cheio de razão!

  • Giselda -

    kkkk, Se quiserem abrir a "caixa preta"do filho corrupto ele aparelha tudo para abafar a investigação.

  • Maria -

    Mentindo mais uma vez.....está atrás do fundo partidário sim...ele e os filhos, os príncipes da legenda...

Ler 34 comentários