"Bolsonaro fará campanha ao lado de uma pilha de cadáveres"

“Bolsonaro fará campanha ao lado de uma pilha de cadáveres”
Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro acha que se imunizou politicamente ao entregar a coordenação política do governo para o Centrão, diz Josias de Souza.

“Engano. A tribo de Arthur Lira e Valdemar Costa Neto revela-se capaz de tudo, exceto de cometer suicídio político (…).

Aos pouquinhos, os aliados do Planalto começam a fazer exercícios de futurologia. Muitos já avaliam que, se concluir o mandato, Bolsonaro fará campanha em 2022 não nas redes sociais, mas ao lado de uma pilha de cadáveres. Não será fácil recrutar companhia.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO