Bolsonaro ganha direito de resposta em tempo de Alckmin no rádio

Telegram

Luís Felipe Salomão, do TSE, concedeu direito de resposta a Jair Bolsonaro no horário eleitoral gratuito de Geraldo Alckmin no rádio, registra O Globo.

O presidenciável terá direito a usar um minuto e 14 segundos do tempo do tucano para rebater a peça publicitária que o criticou por ter votado contra a PEC das Domésticas.

Na peça, a campanha de Alckmin explora a declaração em que Bolsonaro destaca ter votado contra a proposta e pergunta: “Ô, Bolsonaro, escuta, vem cá: o que você tem contra pobre, hein?”

Para Salomão, a propaganda “ultrapassou a esfera da mera crítica política, espraiando-se em verdadeira divulgação de fato distorcido”.

Comentários

  • Márcia -

    Alckmin está certo em abrir o olho dos eleitores. O país não precisa de um presidente que tenha ideias preconceituosas. Eu voto no Alckmin

  • Francisco -

    O fato é que Bolsonaro votou mesmo contra a PEC das Domésticas, por entender que era injusto com elas. O exagero do programa de rádio - ofensivo, aliás - só serviu para esconder um fato verdadeir

  • Presidente-XVII -

    A PEC foi tão boa que resultou em demissões em massa. Tem doméstica e zelador que prefere ser empregado sem qualquer formalidade, pra poder ter vários empregos. Por isso o capitão votou contra.

Ler 76 comentários