Bolsonaro: “Governo federal tem que tomar também medidas contra o governo Maduro”

Jair Bolsonaro disse à TV Aparecida que o Brasil deve receber os imigrantes venezuelanos e, ao mesmo tempo, adotar medidas contra a ditadura de Nicolás Maduro.

“Vamos reconhecer a situação da Venezuela, [de quem] está fugindo da ditadura, da fome e da violência. Mas o governo federal tem que tomar também medidas contra o governo Maduro. E não apenas acolher e deixar que se resolvam as coisas naturalmente. Não se resolve naturalmente. Nós já temos uma série de problemas internos aqui.”

O presidente eleito ainda afirmou que a União não pode deixar a responsabilidade exclusivamente com os governos locais, como os do Norte do país.

“Hoje em dia, você tem que acolher, sim. Não pode deixar a responsabilidade totalmente sob o governo de Roraima e sob o governo de Pacaraima e Boa Vista.”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. ReconquistaBR! disse:

    Ação humanitária para 'verdadeiros refugiados' é uma situação totalmente diferente da INVASÃO que está acontecendo na Europa e nos EUA! Muita atenção!

Ler comentários
  1. Almeida disse:

    Muito bom. E cobre ações da ONU também! Embora essa organização deva estar cheia de agentes vermelhos, disfarçados, a seu serviço.

  2. Joao disse:

    Tá certo. Aciona a ONU. Se ela não se resolver, começa a sair de seus órgãos auxiliares. Por exemplo, o soviete de direitos humanos.

  3. fernando disse:

    Como é bom ouvir um cara falando tipo "papo reto" , sem o bundamolismo dos anteriores.

  4. Paolo disse:

    Sim, temos Presidente de verdade! Chega de filhos da puta naquela cadeira!

  5. Paulo disse:

    Uma pergunta: O governo brasileiro está pagando em dia a energia elétrica (mal) fornecida pela Venezuela ao estado de Roraima? Eles já deram o calote no BNDES no caso da energia, é só cortar.

    1. veja bem, o Brasil para manter a moral tem que pagar em dia senão eles cortam a energia e ainda ficamos com a pecha de caloteiros, o que não é verdade. Se queremos cobrar temos que pagar.

  6. Gilmar disse:

    Uma fala de Chefe de estado maior,e olhar humano sobre o povo Venezuelano bonito de ver.

  7. Presidente-XVII disse:

    Receber venezuelanos é diferente de receber islâmicosbcom terroristas infiltrados, ou simplesmente pessoas de cultura diferente, onde certas práticas, como casamento de menores, é permitido.

  8. JOSÉ disse:

    Enquanto o exercito da Venezuela, controlar o trafico de drogas, dificilmente Maduro será derrubado. O lucro é grande, e o Brasil é o maior mercado deles.

  9. Pedro disse:

    Não tem que acolher ninguém, tem é que mandar de volta todos os venezuelanos. Espero que o Bolsonaro não decepcione virando um tucano.

    1. Você já viu como eles vivem lá? Acha que se tivessem uma vida digna sairiam de suas casas para morar de favor em barracos com seus filhos?

  10. Go-Doria-Go disse:

    Bolsonaro deveria contratar um fraco-atirador para resolver logo esse problema do Maduro.

  11. RENATO disse:

    Antes de mais nada fazer uma licitção para fazer um sistema de produção e transmissao de energia para nao deixar Roraima no escuro ou dependendo esse ditadorzinho de merda

  12. angelo disse:

    É só aumentar a fiscalização na fronteira com a Policia Federal e o exercito para diminuir a entrada do trafico de drogas.

  13. Xavier disse:

    Só não sei como agora! Mas quem colocou maduro lá foi Lula com o dinheiro do povo Brasileiro!

  14. Jose disse:

    Presidente, esses refugiados são ex eleitores de Chaves e Maduro. Temos que acolhê-los sim e que isso sirva de exemplo aos milhões que votaram no comunismo petista.