Bolsonaro: “Governo federal tem que tomar também medidas contra o governo Maduro”

Jair Bolsonaro disse à TV Aparecida que o Brasil deve receber os imigrantes venezuelanos e, ao mesmo tempo, adotar medidas contra a ditadura de Nicolás Maduro.

“Vamos reconhecer a situação da Venezuela, [de quem] está fugindo da ditadura, da fome e da violência. Mas o governo federal tem que tomar também medidas contra o governo Maduro. E não apenas acolher e deixar que se resolvam as coisas naturalmente. Não se resolve naturalmente. Nós já temos uma série de problemas internos aqui.”

O presidente eleito ainda afirmou que a União não pode deixar a responsabilidade exclusivamente com os governos locais, como os do Norte do país.

“Hoje em dia, você tem que acolher, sim. Não pode deixar a responsabilidade totalmente sob o governo de Roraima e sob o governo de Pacaraima e Boa Vista.”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 22 comentários
    1. Você já viu como eles vivem lá? Acha que se tivessem uma vida digna sairiam de suas casas para morar de favor em barracos com seus filhos?

  1. Receber venezuelanos é diferente de receber islâmicosbcom terroristas infiltrados, ou simplesmente pessoas de cultura diferente, onde certas práticas, como casamento de menores, é permitido.

  2. Uma pergunta: O governo brasileiro está pagando em dia a energia elétrica (mal) fornecida pela Venezuela ao estado de Roraima? Eles já deram o calote no BNDES no caso da energia, é só cortar.

    1. veja bem, o Brasil para manter a moral tem que pagar em dia senão eles cortam a energia e ainda ficamos com a pecha de caloteiros, o que não é verdade. Se queremos cobrar temos que pagar.