Bolsonaro indica advogado de Gilmar Mendes para OEA

Bolsonaro indica advogado de Gilmar Mendes para OEA
Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro indicou o advogado Rodrigo Mudrovitsch para concorrer ao cargo de juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos.

Mudrovitsch é conhecido por defender Gilmar Mendes, além de políticos, empresários e companhias alvos da Lava Jato.

Recentemente, o advogado assinou o recurso da OAB que levou o ministro a suspender a ação penal da Operação E$quema S, que investiga o desvio de mais de R$ 150 milhões do Sistema S no Rio.

Mudrovitsch integra duas comissões de juristas, a que revisa a Lei da Lavagem de Dinheiro e a que elabora o anteprojeto de um Código de Processo Constitucional. O colegiado é presidido por Gilmar.

A vaga de juiz da CIDH é preenchida após indicação dos representantes de cada um dos 35 países-membros e posterior eleição, por voto secreto, durante a Assembleia Geral da OEA – que deve ocorrer no primeiro semestre de 2021.

O mandato é de seis anos, sendo a reeleição permitida apenas uma vez.

Leia mais: Crusoé traz os bastidores da disputa de João Doria e Luciano Huck para a eleição de 2022
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 69 comentários
TOPO