ACESSE

Bolsonaro internacional

Telegram

Jair Bolsonaro publicou no Twitter uma foto em que aparece dando entrevista em seu gabinete a um correspondente da revista Time, publicada semanalmente nos Estados Unidos.

Ontem à noite, o deputado celebrou na rede social a saída dos EUA do “tendencioso e parcial Conselho de Direitos Humanos da ONU”.

Comentários

  • Petunia -

    Conselho de Direitos Humanos do qual Cuba, Venezuela e assemelhados participam não merece respeito nem credibilidade!

  • Elias -

    Com Bolsonaro presidente o aconselharia a se retirar da ONU como um todo,aquela instituição é o mais importante órgão funcional do comunismo no mundo e toda as políticas de subversão que se segue.É também uma maneira de anular a soberania dos Estados Nacionais. A "leis" da ONU são subversivas.

  • Democracias -

    O níve"r" do " CONSELHAO DE DIREITO DOS hu- MANOS" DA ONU, é definido pelos predicados de seus delegados, alguns (caldas)espancadores de mulher, outros extremistas do estado islâmico, apoiadores das democraturas cubana, venezuelana, e por aí vai. As democracias vão abandonar a ONU, aos poucos.

Ler 80 comentários