Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro liga para ministro na frente de apoiadores e pede mudança em concurso da PF

Após pedidos, o presidente conversou com Anderson Torres, titular da Justiça, sobre a possibilidade de aumentar o número de contratações
Bolsonaro liga para ministro na frente de apoiadores e pede mudança em concurso da PF
Foto: Reprodução/Youtube

Após pedidos de participantes de um concurso da Polícia Federal para que o governo aumente o número de contratados, o presidente Jair Bolsonaro (foto) ligou para o ministro da Justiça, Anderson Torres, nesta segunda-feira (8) para conversar sobre o assunto. O episódio ocorreu em frente ao Palácio do Planalto. 

Eles afirmaram que passaram no concurso, mas foram cortados na primeira fase, por causa do Decreto nº 9.739/2019 e em decorrência da posição em foram aprovados. Em seguida, solicitaram a Bolsonaro que o corte fosse transferido apenas para a fase de homologação, no fim do processo avaliativo. Depois do pedido, o presidente pegou o celular — em frente aos apoiadores — e ligou para o ministro:

“Anderson, sabe o Decreto nº 9.739, de concurso da PF? Um pessoal extra que quer entrar. Existe a chance de mexer no decreto?”, questionou.

No viva voz, Torres respondeu que, à exceção do número de vagas, o processo não poderia ser sofrer alterações.

“Na verdade, presidente, estamos pensando em pedir uma autorização à Economia para chamar até 100% do número de vagas. O que está muito difícil de superar é 100% das vagas. Isso aí está muito difícil superar”, argumentou.

Em seguida, Bolsonaro afirmou aos participantes do concurso:

“Eu não vou fazer demagogia com vocês, tá? Eu vou ver se consigo autorização até 100%. Acima disso fere a lei, não é decreto. […] Vocês são lucrativos pra gente.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....