Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro ligou para presidente do TCU para liberar 'auditor paralelo' ao BNDES

O presidente atuou pessoalmente para tentar garantir a nomeação Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, em 2019
Bolsonaro ligou para presidente do TCU para liberar auditor paralelo ao BNDES
Foto: Anderson Riedel/PR

O presidente Jair Bolsonaro atuou pessoalmente para tentar garantir a nomeação do auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques para o BNDES, em 2019, diz a Crusoé.

Como mostramos ontem, Figueiredo é o responsável por elaborar e subir no sistema do TCU o relatório não oficial em que Bolsonaro se baseou para afirmar que 50% das vítimas de Covid no Brasil no ano passado morreram de outras causas.

“As liberações são excepcionais e devem sempre ser autorizadas pela presidência do tribunal. Na época, Bolsonaro ligou para o então presidente do TCU, José Múcio Monteiro, para pleitear a cessão de Figueiredo, após uma sinalização de que a autorização seria negada.”

Leia mais aqui.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO