ACESSE

Bolsonaro: "Marginais e terroristas querem quebrar o Brasil"

Telegram

Em visita a Águas Lindas (GO), nesta sexta-feira, Jair Bolsonaro voltou a se referir a manifestantes que protestam contra seu governo como “marginais” e “terroristas”.

“São marginais, terroristas, maconheiros, desocupados, que não sabem o que é economia, não sabem o que trabalhar para ganhar o pão de cada dia e querem quebrar o Brasil em nome de uma democracia que eles nunca souberam o que é e nunca zelaram por ela”, disse.

Ao lado do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, Bolsonaro completou:

“Esses marginais tiveram uma ação em São Paulo. Esses terroristas voltaram logo depois para alguma ação em Curitiba e estão nos ameaçando. Agora, tenho certeza, Caiado, se vierem aqui, você vai tratar com a dureza da lei que eles merecem.”

Leia também: Até quando ele conseguirá frear Bolsonaro?

Comentários

  • Jorge -

    Parem de proteger os black blocs! Os “manifestantes” quebraram tudo

  • Maria -

    Não custa repetir: quando Paulo fala de Pedro , fala mais de Paulo do q de Pedro.

  • Maria -

    Tocante ver o namorico de Bolsonaro e Caiado... O genocida golpista chama de terroristas pessoas q não suportam mais seu desgoverno e truculência, mas muitos desses "terroristas" votaram no vigarista.

Ler 131 comentários