Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro mentiu sobre Barroso e o estupro de vulnerável

Em julgamento em 2017, o ministro do STF fez o contrário do que o presidente afirmou a seus apoiadores
Bolsonaro mentiu sobre Barroso e o estupro de vulnerável
Reprodução/SPIEF/YouTube

O presidente Jair Bolsonaro mentiu ao dizer neste sábado, em discurso em Porto Alegre, que o ministro Luís Roberto Barroso defende a redução da maioridade para estupro de vulneráveis. 

Em julgamento em 2017, Barroso fez o contrário do que o presidente afirmou a seus apoiadores. O ministro votou pela continuidade de uma ação penal contra um jovem de 18 anos acusado de manter relações com uma menina de 13 anos.

Durante o julgamento do habeas corpus 122.945, Barroso divergiu de Marco Aurélio Mello, que aceitara o argumento de que a relação havia sido consentida e concedera liminar suspendendo o processo. O voto de Barroso prevaleceu e o ministro redigiu o acórdão para que a ação prosseguisse.

Trata-se, portanto, de uma calúnia contra Barroso, e calúnia movida por vingança, uma vez que foi o ministro que determinou a Rodrigo Pacheco que seguisse o regulamento do Senado e tirasse da gaveta o pedido de instalação da CPI da Covid.

O impeachment de Jair Bolsono é um imperativo moral.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO