ACESSE

Bolsonaro: "Minha morte interessa a muita gente"

Telegram

Jair Bolsonaro preferiu dar sua própria interpretação à declaração de seu filho Carlos sobre haver pessoas “que estão muito perto” do presidente eleito interessadas em sua morte.

“Minha morte interessa a muita gente. Quando recebi a facada, estava muito próximo de mim o elemento. Recentemente ele era filiado ao PSOL. Houve um fato recente de que uma pessoa tentou entrar com a identidade dele na Câmara dos Deputados. No meu entender há uma investigação bastante farta a ser concluída”, disse Jair Bolsonaro, segundo a Folha.

Carlos Bolsonaro havia afirmado no Twitter:

“A morte de Jair Bolsonaro não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto. Principalmente após sua posse! É fácil mapear uma pessoa transparente e voluntariosa. Sempre fiz minha parte exaustivamente. Pensem e entendam todo o enredo diário!”

Conheça as questões definidoras do futuro governo — e do Brasil AQUI

Comentários

  • Neydemar -

    É vergonhoso saber que entre irmãos brasileiros, possa existir tanto ódio partidário, gente que esquece que o importante é o Brasil, que ele crescendo, todos crescem. Estou orando pela sua vida P

  • LavaTogaJá -

    A morte ( figurativa) dos corruptos interessa a todo o Brasil.Qdo um corpo está mto doente, o tratamento causa resistências e as vezes a febre custa mto a ceder.Por fim a doença é debelada.

  • Mary -

    É afinal quem mandou matar Bolsonaro???

Ler 201 comentários