Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Bolsonaro não é Hugo Chávez ou Kim Jong-un”, repete Flávio, sobre micareta militar

O filho do presidente negou, agora no plenário do Senado, que o desfile de blindados tenha sido realizado com o objetivo de constranger demais Poderes
“Bolsonaro não é Hugo Chávez ou Kim Jong-un”, repete Flávio, sobre micareta militar
Foto: Pedro França/Agência Senado

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) negou há pouco, no plenário do Senado, que a micareta militar tenha sido realizada com o objetivo de constranger o Legislativo ou o Judiciário.

O ato ocorreu no dia em que a Câmara analisa a PEC do Voto Impresso, bandeira do bolsonarismo.

“Bolsonaro não é Hugo Chávez, não é Kim Jong-un, não é Fidel Castro. Bolsonaro é um presidente democrata, que respeita as instituições, que não apoia o MST, que não desarmou a população como muitos países de esquerda fizeram antes de implementarem suas ditaduras”, repetiu o filho do presidente da República.

A mesma mensagem havia sido publicada pela manhã nas redes sociais.

“Só para deixar muito transparente isso tudo, porque a narrativa que é criada parece que há uma ameaça velada. Não tem ameaça nenhuma. As Forças Armadas sempre estiveram ao lado da Constituição da República Federativa do Brasil. Então, quando virem militares nas ruas, aplaudam, agradeçam o que eles têm feito durante a pandemia”, afirmou o parlamentar.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO