Bolsonaro não é mais aquele

Bolsonaro não é mais aquele
Foto: Marcos Corrêa/PR

O diretor da Quaest escreveu na Folha de S. Paulo sobre a queda da popularidade de Jair Bolsonaro nas redes sociais.

“Em 2019, a média do IPD de Bolsonaro foi de 85,3 (em uma escala de 0 a 100); em 2020, foi 80,7 (…).

O terceiro ano do mandato de Bolsonaro, no entanto, começou com resultados bem menos otimistas para ele e muito mais favoráveis aos seus adversários.

Após a crise de leitos em Manaus, o atraso na vacinação, o fim do auxílio emergencial e os recentes resultados econômicos desastrosos, a média da popularidade digital de Bolsonaro está 20 pontos menor do que nos anos anteriores (…)

Se os resultados objetivos de seu governo não melhorarem até 2022, Bolsonaro terá muita dificuldade de se reeleger. O sentimento de mudança estará posto. Contra essa correnteza é difícil remar.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO