Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro: "Não façamos da vacina uma batalha, um cavalo de batalha"

Presidente voltou a criticar os passaportes de vacina implementados por autoridades estaduais - e pelo próprio governo federal
Bolsonaro: “Não façamos da vacina uma batalha, um cavalo de batalha”
Reprodução/Planalto/YouTube

O presidente Bolsonaro voltou a combater os passaportes de vacinação nesta quinta (2).

“Não façamos da vacina uma batalha, um cavalo de batalha para objetivar fins políticos lá na frente”, disse o presidente, em evento de assinatura dos decretos do Auxílio Gás e do Programa Alimenta Brasil, no Planalto.

“O governo federal não deixou de poupar (sic) esforços para que todos aqueles que voluntariamente quisessem se vacinar o fizessem. Entendo eu que aquelas autoridades outras que estão exigindo passaporte vacinal calcada (sic) numa lei de fevereiro do ano passado, onde (sic) não existia ainda a vacina, estão extrapolando”, acrescentou.

“A liberdade de vacinar é de cada cidadão brasileiro no que depender do governo federal”, acrescentou Bolsonaro.

Como O Antagonista mostrou, alguns órgãos do governo federal já exigem comprovante de vacinação.

Leia mais:

Jardim Botânico do Rio passa a exigir comprovante de vacinação contra Covid

Bolsonaro critica obrigatoriedade, mas certificado de vacinação é emitido pelo governo

Governo passa a exigir vacinação completa para visitas em penitenciárias federais

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....