Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro: 'não queremos desafiar ninguém, mas vão nos respeitar'

Em evento no dia em que Fabio Wajngarten foi ameaçado de prisão na CPI da Covid, presidente disse não temer "absolutamente nada"
Bolsonaro: não queremos desafiar ninguém, mas vão nos respeitar
Foto: Adriano Machado/Crusoé

No dia em que seu ex-secretário Fabio Wajngarten foi ameaçado de prisão na CPI da Covid, Jair Bolsonaro disse não temer “absolutamente nada” ​e afirmou que o governo “fez o que pôde” na crise sanitária.

“Essa pandemia realmente foi um castigo para o mundo todo, o governo fez o que pôde. Os que não fizeram nada agora querem atrapalhar o governo. Acredito nas instituições, não temo absolutamente nada, e deixo bem claro: só Deus me tira daqui”, declarou o presidente no Planalto, em cerimônia de lançamento de ações ambientais.

“Não queremos desafiar ninguém, respeito os demais, mas vão nos respeitar. Nunca tiveram, da minha parte, uma só sugestão, proposta, palavra ou ato para censurar quem quer que seja. Somos um país livre, direitos fundamentais são para serem respeitados”, acrescentou Bolsonaro.

Em caráter reservado, aliados do presidente disseram à Folha que o depoimento de Wajngarten foi negativo para o Planalto, devido às contradições e às dificuldades do ex-secretário em responder aos senadores.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO